ALERTA URGENTE: “Evangelho” no Brasil à beira do caos!

Publicado: 23 de setembro de 2009 em Sem categoria

Urgente

O atual movimento evangélico brasileiro me assusta. Reconheço, sou mesmo desconfiado. Mas não é para menos. Tens visto os acontecimentos dos últimos meses? Não? Já se esqueceu? Tudo bem. Gentilmente refrescarei sua memória.

Os líderes de duas das principais igrejas neopentecostais do Brasil estão na mira acirrada da Justiça. As acusações são graves: desde lavagem de dinheiro a associação com narcotraficantes da Colômbia. O que tais líderes alegam? Na “cara limpa” e sem titubear afirmam que tudo isso nada mais é que “estratégia do diabo” para prejudicá-los e para “afetar o avanço Reino de Deus”. O mais interessante é que o principal reino afetado até agora com tais denúncias tem sido aqueles construídos em suas propriedades no Brasil e exterior, e nas suas contas bancárias que aglomeram fábulas de dinheiro, fruto das suas exorbitantes colheitas mercenárias. Estes “servos de Deus” abarrotam suas famílias e comparsas com bens de luxo, fruto da exploração descarada das massas sofridas e indefesas que lotam suas igrejas.

Assim como o apóstolo Paulo, alerto que o problema não é o surgimento de “obreiros fraudulentos” (2Co 11.13), pois isso é inevitável. O maior problema é saber se as ovelhas darão ouvidos às suas sedutoras propostas e investidas que visam apenas sugar-lhes aquilo que de melhor podem oferecer. Após extraírem sua pele, carne, sangue e gordura, as tangerão impiedosamente de “seus” currais ou, em casos cada vez mais comuns, despejarão suas carcaças nos cemitérios da incredulidade espiritual.

O maior perigo desse movimento reside justamente na falta de reflexão do nosso povo. Nossas ovelhas sofrem de obesidade mórbida, gerada pelo sedentarismo intelectual e racional. Importamos para nossas igrejas brasileiras o modelo eclesiástico onde os nossos líderes, e apenas eles, pensam por nós. O que eles disserem vira decreto e verdade inquestionável. Tais líderes romperam e descartaram o lacre da hermenêutica e da exegese reformada e tradicional e, em troca, ofereceram um modelo pragmático (simples a ponto de ser banal!) de interpretação bíblica. Resultado: Além do perseguidíssimo “êxtase” entorpecente, conseguiram fazer com que aberrações como as listadas a seguir invadissem a internet e os palcos das igrejas: “Menino de 2 anos de idade prega com ‘autoridade pentecostal”; No sul do Brasil, galo fala em línguas estranhas e galinha interpreta”; Mulher, com auto-falante na mão, ora com ‘autoridade’ ao Senhor, determinando que Ele ressuscite seu filho (o que não aconteceu…)”. Tais avacalhações são pratos cheios para críticas e chacotas por parte dos que ainda se atrevem a colocar a cabeça para funcionar nestas bandas do mundo. Pior ainda: tudo isso precipita novamente a igreja no profundo abismo onde imperam as trevas da escravizadora ignorância e manipulação espiritual.

É impossível não temer pelo futuro da igreja evangélica brasileira quando olhamos para este cenário. Os mais otimistas, e menos realistas, dirão que a preocupação é sem sentido. Afinal de contas, “as portas do inferno não prevalecerão contra a igreja do Senhor” (Mt 16.18). Mas é bem verdade, também, que não poderemos encontrar abrigo nessa afirmativa bíblica se as nossas igrejas não estiverem fincadas absolutamente na Palavra de Deus. Ou seja, se nossas igrejas não forem fiéis às Palavras do Senhor, suas portas serão abrupta e inevitavelmente fechadas e suas ovelhas dispersas.

Lembro-me de uma célebre frase que intriga: “Os que não conhecem a história estão condenados a repeti-la”. Apenas quem desconhece, ou nem mesmo ouviu falar do que tem acontecido nos EUA e na Europa, pode ficar “calmo, sereno e tranqüilo”. Na Europa, por exemplo, onde há algumas décadas fervia e “bombava” o avivamento Wesleyano, hoje templos estão sendo transformados em bares, boates, bordéis e cassinos. No berço do protestantismo, onde as conversões aconteciam aos milhares, hoje se amarga, em várias áreas, a realidade de conversões que, nas estatísticas mais otimistas, beiram cerca de 1% ao ano. Sem falar na frieza espiritual assoladora que varre as igrejas cristãs daquele continente, outrora conhecido por seu contagiante avivamento.

Esse movimento que atrai multidões, que as arrasta ao delírio gospel, que leva fãs evangélicos a andarem centenas de quilômetros para verem seus ídolos cantar, ministrar ou pregar, deve ser olhado por nós com desconfiança. É o nosso futuro, como igreja cristã brasileira, que está em jogo. Ou arregaçamos nossas mangas e começamos a lutar para desenvolver em nossas igrejas a cultura e o hábito da reflexão madura e bíblica dos fatos, ou dentro de pouco tempo estaremos chorando sobre o solo brasileiro, lamentando sua inevitável esterilidade, associada ao desprezo e descrédito do nosso povo à verdadeira e saudável pregação do Evangelho. Duvidas? Nesse caso, diferente do exigido por algumas igrejas, não precisa nem pagar pra ver…

Francisco Helder Sousa Cardoso

Anúncios
comentários
  1. Ivan Souza disse:

    Prezado irmão em Cristo!

    Acredito que a palavra de Deus está se cumprindo, então isso não deveria ser novidade para nós cristão autêntico, então prezado, não concordo em gênero algum com o texto, pois o mesmo está sujando o REINO DE DEUS, então acredito que em vezes de estarmos nos preocupando com o que está acontecendo em nosso meio evangélico, deveríamos nos preocupa em falar mas do amor de Deus e fazer quem ainda não conhece a verdade a não dá credito para tais acontecimentos, francamente este texto não ajuda ao engrandecimento do REINO DE DEUS, e sim desonra ao REINO. Um forte Abraço…

    Ivan – Subjct. IB Agulha
    Meu ponto de vista.

  2. Francisco Helder disse:

    Ivan

    Sua colocação é perfeitamente compreensível. Mas pense algo comigo: Houveram várias situações na história da igreja onde ela silenciou diante do erro: na época das indulgências, das cruzadas da igreja católica (onde milhões inocentes morreram), do nazismo alemão, do racismo americano. Era mais cômodo para os cristãos continuarem apenas pregando a “mensagem de salvação”, sem se importar com a grave crise moral e social de seu tempo. Porém, a Bíblia nos informa que o Reino de Deus já começa a ser implantado aqui na terra (e não apenas quando chegarmos ao céu…), por isso, temos uma responsabilidade muito grande de denunciar erros, falsidades e mentiras que se fazem em nome de Deus, apontando ainda o caminho que agrada à natureza moral e santa do nosso Salvador. Foi isso que Jesus e os profetas fizeram: denunciaram o povo idólatra, falso e fingido em suas adorações e alianças que não passavam de mera aparência; denunciaram os erros dos escribas e fariseus, que eram os “evangélicos” da época. Lembremos, por exemplo, que Jesus não fez questão de esconder que no meio evangélico de sua época havia um tal de Judas que era ladrão e traidor, um Pedro que era violento e covarde, um tomé que era incrédulo… e por aí vai! Deus não se importou de omitir nada disso da Bíblia, exatamente para que víssemos que erros existem, mas que precisam ser denunciados e corrigidos, imediatamente. Ou seja, Jesus e os profetas também se preocuparam “com o que estava acontecendo no meio evangélico”, sem deixar contudo de “falar do amor de Deus”. Enfim, é mais ou menos isso que me motivou a escrever essa página de denúncia, indignação e sugestão.

    Fico feliz por esse debate.

    Deus nos abençoe.

    Um forte abraço

    Francisco Helder

  3. jellffrel ms disse:

    Irmão Helder,
    graça e paz.

    Acho q sua intenção é muito louvável e otimista. Vc é um profeta de Deus que tem nos lábios uma palavra de denúncia contra atos abomináveis ao Senhor.

    Mano, não tenho muita base teológica, mas sinto que esses sinais apontam p volta de Cristo. O q Paulo falou da apostasia generalizada da fé, o evangelho sendo pregado por todo mundo (evangelho de massa, mídia). Essas Igrejas não são totalmente anti-cristas, pense nisso elas estão apenas enfermas, como ovelhinhas machucadas, mas conheço muitos que, como eu, estava perdido e fui encontrado pela juventude da Universal. Eles pregam jesus, a santidade (e muito bem), a salvaçao acontece q lá infelismente nao tem a sã-doutrina. O carro-chefe, a isca p os peixes lá é o materialismo, depois nas reuniões de doutrina 4 feira e domingo o sarrafo é o mesmo e as vezes até mais pesado do que em outras igrejas.

    Jesus está as portas, creio q vc será assim como eu um importante instrumento nas mãos de Deus p sacudir e acordar a nossa geração p a simplicidade do genuíno evangelho de Cristo.

    Jellffrel MS

  4. Ronaldo martins disse:

    Gostei muinto e tenho mesmo ponto de vista, porem há sim muintas igrejas evangélicas sérias! O propblema é:
    1- Como alguém vai crer na verdade e no evangelho eterno, com essa distorção toda? Mas já nos foi avisado (2 pedro, 3;16)
    2- Com o comentario sendo generalizado, não seria um método de colocar em cheque TODAS as igrejas evangélicas?
    3- Como alguém pode pregar o evangelho e não ser evangelista ou não participar de um movimento evangélico? (mc 16;15)
    4- A verdade está na bíblia! Porque então não nos apegamos em estuda-la diligentemente? (joão 8;32. 5;39)
    5- Depois de conhecer a verdade, como ficar ignorante ao fato de que o povo de Deus está espalhado em todas as igrejas? Porem assim como o corpo de Cristo é um só e não foi esquartejado, Ele mesmo tem Sua única igreja! (joao 10;16).(ap 12;17)
    5- Depois de saber que Jesus tem seu único aprisco e uma unica noiva (igreja), como saber se estou na certa ou fora do aprisco? (ezquiel 20;12 e 20;15).
    6- Estariamos nós tentando manipular as verdades bíblicas ao nosso favor, persuadindo a pessoas a fazerem aquilo que Ele não manda e não fazendo o que Ele manda? (atos 5;29)
    7- Deus nos deixou livres! E de coração livre e abnegado devemos fazer parte do Seu povo e executar as Suas ordens. Sendo assim obedientes, faremos a Sua vontade e não a nossa!

    Dentro do contexto leiamos: (genesis 1, exodo 20, 5 a 17, ezequiel 20;12 e 20, lucas 4;16, hebreus 4, ap 12;17, 19;10 e 20;4) Façamos isto em oração e invocando a presença do Espírito Santo! Pois de outra forma será em vão esta leitura! Abração a todos, mas principalmente ao autor deste alerta! Deus nos abençoe a todos, Amén!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s